quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

CANCRO DA MAMA - "PREVENIR É MELHOR DO QUE TRATAR"



Jardim da Fundação Champalimaud



Aparentemente não tinha nada para além do já habitual e detectável através das ecografias normais. Era mais uma consulta de rotina e os exames habituais. Só que alguma coisa não estava bem... Havia que fazer uma ressonância magnética e uma biópsia. O  tempo passou. A resposta veio. Não era a desejada. Mas "prevenir é melhor do que tratar". Espero que tenha sido a tempo. O diagnóstico está feito. Não há como fugir. Agora há que viver um dia de cada vez. Uma situação de cancro da mama... células malignas suspeitas. Há que intervir, removê-las antes que degenerem e se disseminem pelo corpo. Retirar os gânglios sentinela... Radioterapia...

É uma situação mais vulgar do que nos possa parecer. Como diz o Dr. H. N.: "Não é um azar, mas uma sorte o poder-se detectar o mal a tempo e haver meios com que o enfrentar". Hoje, o diagnóstico e a sua localização é muito fiável e a cura é possível...

O que me aflige neste momento é o pós-operatório, o tratamento e aquilo que terei de enfrentar a partir de agora. Mas já senti que a partilha daquilo que nos incomoda nos ajuda a ultrapassar os nossos medos. Outras mulheres passaram por isto e o seu testemunho sempre me traz algum consolo e coragem para ir em frente...

Acima de tudo acredito que o DIAGNÓSTICO PRECOCE nos pode trazer alguma confiança. Por isso, aqui estou pronta a partilhar o que for acontecendo. Para já a tranquilidade de pensar que estou em boas mãos; depois que o diagnóstico estará correcto e terá sido feito ATEMPADAMENTE e ainda a consciência de que eu fiz tudo o que poderia ter sido feito ao submeter-me aos EXAMES DE ROTINA E PREVENÇÃO no seu devido tempo. É isso... não se pode descurar!

Sei que não vai ser fácil... mas há que não ter medo e... enfrentar!... Como me disse quem já passou por isto, "manter sempre pensamento positivo"...







Sem comentários:

Enviar um comentário